Batman: Herói Multimídia

A exigência cada vez maior dos gamers do mundo todo impulsiona a indústria de desenvolvimento de jogos. E das adaptações feitas com heróis conhecidos para os consoles, Batman vem colecionando boas críticas e caindo no gosto geral. Dos quadrinhos ao cinema, passando pelas séries de TV e pelos desenhos animados, o herói morcego alcança nos consoles o status de multimídia. Em Batman Arkham Asylum, o jogador controla o Homem-Morcego dentro do hospício onde seu arqui-inimigo Coringa foi aprisionado e prepara um levante de bandidos.

O herói vai explorar todos os cantos do prédio e lutar com bandidos até chegar novamente ao Coringa e acabar com sua festa. No seu novo episódio, Batman Arkham City, se passou um ano em relação à história do primeiro episódio e os bandidos foram isolados em um bairro pobre de Gotham City cercado por muros. Dentro dos limites desse confinamento, as regiões são dominadas por conhecidos inimigos de Batman, como o próprio Coringa, debilitado pelas drogas que consumiu no primeiro episódio, Duas Caras, Pinguim e outros mais.

Numa mistura de ódio e paixão, a Mulher Gato dá o tempero extra nessa mistura de vilões, hora auxiliando, hora atrapalhando, guiada por seus próprios interesses. Num mapa muito maior e cheio de opções de interação para o jogador, as lutas seguem o estilo do game anterior, com todas as armas disponíveis e com melhorias, como o bat-gancho, que agora possui um alcance maior, e a bat-capa, capaz de vôos mais longos. Batman vai colocar ordem no caos das brigas entre as gangues que lutam por território.

Superando as expectativas no cuidado com a história e com os gráficos, o Brasil conta com a versão legendada ampliando ainda mais a possibilidade de angariar fãs, conhecedores do herói pelas outras mídias ou não.

Comente este artigo