Pinguins dançarinos: Happy Feet 2

Os pinguins imperiais de Happy Feet estão de volta nessa bonita sequência que conta com dubladores como Elijah Wood (Enigmas de Um Crime e Paris Te Amo) Robin Willians (Gênio Indomável e Bom Dia Vietnã), Brad Pitt (Sr e Sra Smith e Bastardos Inglórios) e Matt Damon (Trilogia Bourne e Além da Vida) na versão americana, e Daniel de Oliveira (Zuzu Angel e Jean Charles) e Sidney Magal (Jean Charles) na versão brasileira.

Mano agora possui um filhote, Erik, que não parece saber o motivo para toda a dança que os outros pinguins imperiais fazem. Acaba fugindo com mais dois amigos por influência do amigo Ramon, e seguem em direção a outro grupo de pinguins. Conhecem Sven, um idolatrado pinguim capaz de voar, que com suas histórias incentiva todos a buscar seus sonhos e não aceitar seus limites.

Mas o clima do mundo está mudando e um enorme iceberg lacra o vale onde moram os pinguins imperiais. Mais do que resgatar seu filhote Erik, Mano terá que descobrir uma maneira de salvar seus amigos e evitar que morram de fome. Destaque para os dois crills – minúsculos camarões, Will (Pitt) e Bill (Damon) que numa história paralela decidem abandonar o cardume e descobrir o que está além dos limites do mundo onde vivem e subirem na cadeia alimentar tornando-se predadores.

Realizada sob a batuta de George Miller (Babe: O Porquinho Atrapalhado na Cidade), é uma animação encantadora, recheada de lições de vida embaladas por canções cantadas e dançadas pelos pinguins, entre elas versões de We Are de Champions e Under Pressure, do grupo de rock britânico, Queen.

O filme também ganhou uma versão de game para PS3: Happy Feet Two: The Videogame.

Comente este artigo