Final Fantasy XIII-2

A série Final Fantasy chega ao seu 25º ano lançando a terceira continuação de um de seus capítulos. Cinco anos após a suposta morte da personagem Lightning, a história volta ao planeta Pulse em Final Fantasy XIII-2.

A irmã de Lightining, Serah Farron acredita que ela ainda está viva e junto com o misterioso garoto viajante do futuro, Noel Kreiss, vão explorar novos lugares do planeta, além de retonar a outros já visitados no episódio anterior.

O episódio anteior – Final Fantasy XIII – mostra a trajetória de um grupo marcado por seres fal’Cie para então tornarem-se l’Cie, destinados a cumprir uma determinada tarefa em suas vidas dentro de um prazo de tempo ou então sofrer a maldição de virarem monstros que ameaçam a população de seu planeta. Só que desta vez a história possui multiplas alternativas de final, diferente da condição linear do Final Fantasy XIII.

Aliados ao sistema de escolhas e quick time events tornam maior a variação do jogo, agradando também aos antigos fãs da série.

Os personagens podem viajar no tempo e andar pelo mesmo cenário em espaços temporais diferentes. Para isso precisam localizar artefatos que funcionam como as chaves dos portais do tempo. O sistema de batalhas permanece praticamente o mesmo, porém a forma que determina quando elas começam, ganhou o Mog Clock.

Como no anterior, os monstros e inimigos aparecem no cenário, mas não podem ser completamente ignorados. A partir do momento que são avistados, o Mog Clock dispara uma contagem regressiva que é o tempo limite para você sair daquela região. Caso nesse meio tempo toque o inimigo ou o tempo acabe a luta se inicia.

Comente este artigo