Traição Perigosa

 

Quando algo começa de forma errada, é provável que termine errado. Um estrangeiro, uma policial, uma abordagem errada e um pedido de desculpas com segundas intenções. Assim começa a história de Traição Perigosa (The Kate Logan’s Affair-2010).

Benoit (Laurent Lucas) é francês e veio para os Estados Unidos para participar de uma convenção sobre Seguros. Logo pela manhã é abordado pela oficial Kate Logan (Alexis Bledel, de Recém Formada e E Agora o Que Eu Faço?) que supostamente teria o confundido com um estuprador. Após conferir seu passaporte se desculpa e o libera.

Ela é uma policial novata, com três meses de serviço. No final da noite, quando Benoit procura seu celular no carro ela se aproxima, com a desculpa de pedir novamente desculpas e o convida para um drink. Ela não desiste, retorna com uma garrafa de whisky e acabam na cama.

Quando repetem a dose no dia seguinte, uma brincadeira com a arma de Logan dá errado e um tiro acidental cria uma situação complicada: como ela explicaria estar portando sua arma fora de serviço, ainda mais na situação constrangedora com um estrangeiro.

O desespero recai sobre ambos e no calor dos acontecimentos  terão que achar uma saída e explicações para que ela não perca seu emprego de policial e que a esposa de Benoit não descubra sua aventura. Só que Kate Logan não parece seguir uma forma racional de resolver seus problemas.

Uma história que mistura drama com uma boa dose de suspense que prende o espectador até o final para entender como essa situação, inicialmente insolúvel, poderá terminar.

Comente este artigo