Borderland 2

Salvador, Maya, Axton e Zero são os guerreiros do segundo capítulos de Borderlands. Num visual com gráficos que lembram histórias em quadrinhos, os jogadores participam da história em opções de jogo individual, no estilo FPS (Tiro em 1ª Pessoa), com partilhando a tela em 2 jogadores off line ou até 4 jogadores on line. Misturando as batalhas alucinantes de tiro com o ambiente em RPG, onde os jogadores exploram o mundo de Pandora.

 

Aprimorando o primeiro jogo lançado em 2009, Borderlands 2 as missões e o enredo são muito mais elaborados, criando uma série de opções para os jogadores durante o jogo. Isso torna mais claro à evolução da partida, em parceria aos melhores gráficos relacionados aos veículos e ao próprio cenário. Uma infinidade de armas é colocada a disposição do gamer, inclusive poder empunhar duas ao mesmo tempo. A estratégia e a escolha do personagem para seu tipo de jogo é peça fundamental para bons resultados. No mundo de Pandora, o que não faltará são oponentes dos mais diferentes tipos e… perigosos!

 

Cinco anos depois dos eventos do primeiro episódios, os jogadores retomam à luta contra Handsome Jack e o grupo Hyperion Corporation. Dos quatro personagens, Salvador é quem vem para juntar-se ao grupo. Uma característica interessante e a possibilidade do jogador descartar seu armamento quando a munição acaba. Assim, ele pode arremessar sua arma contra o inimigo, deixando-o tonto ou até mesmo abantendo seu oponente. Além dos tiros em primeira pessoa, que podem ser compartilhados com outros jogadores na rede, Borderlands 2 mantém a sequência de história e estratégia que fizeram sucesso no primeiro game da franquia.

Comente este artigo