O Vingador do Futuro

Na onda dos remakes dos grandes sucessos das telonas da décadas de 80 e 90, chega a vez de ‘O Vingador do Futuro’ (Total Recall-2012). Apesar de baseado no filme lançado em 1.990 com Arnold Schwarzenegger no papel principal, a nova história de Douglas Quaid (Collin Farrell, de A Hora do Espanto e Por Um Fio), um pacato trabalhador que tem uma vida comum no ano de 2.049 com sua esposa Lori (Kate Beckinsale, de Anjos da Noite e Temos Vagas).

   

O cenário não é mais Marte, mas sim a própria Terra que, depois de uma guerra química mundial, possui apenas dois territórios habitáveis: a rica Bretanha, ocupando todo o território da Europa, e a Colônia, na Austrália, onde a população mais pobre se submete ao poder financeiro da Bretanha. Todos os dias trabalhadores migram de um lado para outro através do ‘Queda’, um enorme transporte que cruza pelo subterrâneo do planeta entre as duas regiões ainda habitáveis.

 

Quando Douglas não vê mais sentido na sua monótona vida, ele decide realizar a viagem virtual prometida pela empresa Rekall através de implantes de memórias de experiências que na vida real não seriam possíveis. Ele escolhe o pacote para lembrar-se como um ‘espião’. Mas na hora algo dá errado e Douglas se vê com habilidades inexplicáveis e a dúvida se tudo aquilo é realidade ou faz parte do pacote contratado.

 

Enquanto foge de policiais federais, Douglas cruza com a bela Melina (Jessica Biel, de Esquadrão Classe A e Stealth: Ameaça Invisível) e a reconhece de seus pesadelos. Com ela percebe que tudo aquilo pode ser real e sua verdadeira vida está longe de ser aquela pacata rotina de operário e, pior, pode ser a chave de uma grande trama global. Cenários e efeitos especiais recheiam toda a tela, sob a direção Len Wiseman (Duro de Matar 4.0 e Anjos da Noite A Revolução), com ação o tempo todo e várias cenas que lembram claramente referências do filme de Schwarzenegger (O Vingador do Futuro-1990).

Comente este artigo