Esse É o Meu Garoto!

A mais nova comédia de Adam Sandler (Um Faz de Conta Que Acontece e Click) traz o ator no papel de Donny Berger, um jovem que ficou famoso aos 14 anos quando teve um affair com sua professora de escola Mary (Eva Amaurri Martino, de Galera do Mal), com quem transou e engravidou. Com a fama, vieram muito dinheiro, mulheres e tudo mais. Só que como Mary foi presa por seduzir um menor, e Donny também ficou com a guarda e responsabilidade de criar o filho.

 

Claro que isso não deu muito certo e grandes ‘marcas’ ficaram para o pequeno Todd (Andy Samberg, de Amizade Colorida e Eu Te Amo Cara). Tanto que, ao completar 18 anos, Todd saiu de casa para tocar sua vida soninho e o mais longe possível do pai. Enquanto isso, Donny continua vivendo sua vida sem limites e com pouco juízo até que seu contador lhe avisa que o governo está cobrando de uma só vez todos os impostos que não pagou até agora! Se não pagar, irá para a prisão. Só que toda a vida de farra deixaram Donny completamente ‘duro’ e sem alternativas.

 

É quando Donny lê a notícia que seu garoto Todd está prestes a se casar com Jamie (Leighton Meester, de Uma Noite Fora de Série e Colega de Quarto), filha de um milionário. De quebra, recebe a proposta de um produtor de TV para realizar o furo jornalístico do reencontro entre pai e filho com a antiga professora Mary (Susan Saradon, de Em Busca de Uma Nova ChanceBernard e Doris) que continua na cadeia. Donny desesperado decide procurar Todd, às vésperas do casamento dele, só que não será tão bem recebido assim, já que Todd prefere esconder suas reais origens da família da noiva e evitar um vexame ainda maior (será?).

 

Dirigido por Sean Anders (Sex Drive: Rumo ao Sexo), a fórmula da comédia familiar, tropeços, desencontros e mensagens que fazem pensar são garantia de boas risadas e uma lição de vida marcante assim como os melhores filmes do ator.

Comente este artigo