Assassin’s Creed: O Filme – Aventura inspirada no game, protagonizada por Michael Fassbender e com efeitos que impressionam.

No início de maio chega nas locadoras de todo país um dos filmes mais esperados pelos amantes de games. Em uma grande parceria entre a Ubisoft e a 20th Century Fox, Assassin’s Creed traz a história de Callum Lynch (Michael Fassbender), um assassino que por meio de uma tecnologia revolucionária destrava suas memórias genéticas e experimenta as aventuras de seu ancestral, Aguilar, na Espanha do século XV. Callum descobre que é descendente de uma misteriosa sociedade secreta, os Assassinos, e acumula conhecimentos e habilidades incríveis para enfrentar a organização opressiva e poderosa dos Templários nos dias de hoje.

O roteiro do filme é focado na figura de Callum Lynch, um condenado à cadeira elétrica em 2016. Recrutado pela cientista Sofia Rikkin (Marion Cotillard), ele revisita a memória genética de seus ancestrais e é “transportado” para o ano de 1492, e se junta ao Credo dos Assassinos, que vivem para proteger o livre-arbítrio da humanidade, tornando a aventura super envolvente.

A apresentação dos assassinos e a construção das personalidades deles ficaram bem encaixadas. O diretor Justin Kurzel elimina quase todas as falas e deixa a imagem montar o caráter de cada um dos personagens. Com tomadas aéreas belíssimas, Kurzel monta um ambiente com cara de sonho, com quadros embaçados e movimentos rápidos.

As lutas, que têm um ritmo lento mas que valorizam os golpes, lembram os games e impressionam pela brutalidade sem violência – os socos são pesados, as quedas são tensas, mas sem muito sangue. O traço visual dado pelo diretor é digno da grandeza da franquia da Ubisoft e torna a experiência tão boa quanto a de alguns jogos, os quais os fãs de games poderão se orgulhar.

Mesmo quem não está por dentro do mundo dos Games de Assassin’s Creed, o filme é uma ótima sugestão para quem gosta de muita aventura.

Conheça a nossa coleção na 

Comente este artigo