Será necessário sangue para manter a maior protetora da raça humana de pé. A Grande Muralha

Um dos maiores nomes do cinema chinês, 6 se tornou um dos diretores orientais mais conhecidos pelo público ocidental, fruto de inúmeras de suas obras terem sido indicadas ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Com longa-metragens como Herói e o Clã das Adagas Voadoras em seu currículo, é difícil não ficar, ao menos, curioso em relação a seus novos filmes.


Os astros Matt Damon, Pedro Pascal e o veterano Willem Dafoe dividem as telas com grandes nomes do cinema oriental como Tian Jing e Andy Lau, num filme que mescla o épico histórico com filme de ação. A história de A Grande Muralha supõe que o monumento que batiza o filme tenha sido construído para conter a invasão de criaturas monstruosas que se alimentam de carne humana. A trama gira em torno de dois mercenários ocidentais que chegam à China, a fim de roubar pólvora para revender, mas acabam entrando na luta dos chineses.


Após serem perseguidos por saqueadores, eles acabam se deparando com a Grande Muralha e feitos prisioneiros do exército de elite que guarda o lugar. Espantados com a suntuosidade do muro, não demora muito para a dupla descobrir do que os chineses estão se protegendo. Divididos entre se juntar ao exército ou findar sua busca, os dois precisarão decidir pelo que vale realmente a pena lutar.


A proposta do longa é levar aos cinemas parte do folclore chinês, aquele que diz que a criação da grande muralha teve como objetivo afugentar e impedir a entrada de forças malignas e antigas, como maldições. No filme, tais ameaças sobrenaturais vêm na forma das criaturas conhecidas como Tao Tei, uma espécie de lagarto gigante, semelhantes aos dragões de komodo, porém muito maiores e numerosos. As criaturas são rápidas e ágeis, tendo como ponto fraco os olhos nos ombros, que precisam ser atingidos para sua derrota. Os monstros surgem como pragas aos montes, comandados por sua rainha, e tentam, de tempos em tempos invadir o reino. A muralha é guardada pela Ordem Sem Nome, uma força militar chinesa, da corte imperial da Dinastia Song.
O diretor chinês Yimou Zhang, conseguiu colocar uma mensagem sorrateiramente na trama. Em um filme em que as questões morais, como honra e confiança, são tratadas com grande ênfase, os únicos personagens que mostram indícios de ganância e traição são os interpretados por atores americanos.

 

A cultura Chinesa, porém, ganha um tom hollywoodiano ideal. O jogo de cores usado nos figurinos nos trajes dos guerreiros, e nos cenários é colorido e cativante. A trilha sonora, composta por Ramin Djewad, foi perfeitamente idealizada, funciona em todos os momentos e consegue transmitir cada cena ainda mais intensamente, em especial as coreografias e organizações de batalha, também muito detalhistas e bem trabalhadas. Exatamente a perfeição que é esperada do povo chinês.


Filmado em grande parte na China e também na Nova Zelândia, A Grande Muralha mostra a ação necessária para entreter os espectadores, admirar os efeitos especiais, é com esses detalhes na trama que garantem uma ótima sessão.

A Grande Muralha já está disponível em Blu-ray e DVD na 

 

Comente este artigo