Ninguém Entra Ninguém Sai – A única saída é aproveitar.

Quando um funcionário de um motel famoso do Rio de Janeiro (Paulinho Serra, de “Internet: O Filme”) é diagnosticado com uma misteriosa doença contagiosa, a polícia interdita o local e todos os “hóspedes” são impedidos de sair de lá por quarenta dias. Dentre eles, temos uma juíza linha dura sado-masoquista (Danielle Winits, de “Até que a Sorte nos Separe“) que está acompanhada de seu motorista, um casal suburbano em que a garota (Letícia Lima, de “Entre Abelhas”) só pensa em casamento, enquanto seu par (Emiliano D’Ávila, da novela “Avenida Brasil”) só quer se dar bem, uma dupla de adolescentes e um assaltante (Rafael Infante, de “Desculpe o Transtorno”), que para se refugiar da polícia, sequestra uma mulher que nunca obteve um orgasmo na vida (Mariana dos Santos, de “É Fada”) e a fez entrar no motel.


O diretor do longa, Hsu Chien é um estreante na direção, mas já um velho conhecido nos bastidores da produção de filmes nacionais. Hsu elogiou muito todo o elenco, mas assim como toda a equipe, a grande campeã de elogios foi Guta Stresser, a atriz que ficou tantos anos interpretando a Bebel do Seriado A Grande Família, foi uma grata surpresa nesse longa, interpretando Francisca, uma especie de antagonista da trama, uma camareira “religiosa” que não concordava com toda aquele clima erótico que rolava no motel.


Diferente das comédias mais recentes que muitas vezes tem investido em vulgaridade ou ofensas a diversas características das pessoas como peso, cor e sexualidade, o longa vem cheio de leveza para mostrar que não é preciso nenhum humor negro para arrancar muitas gargalhadas. O diretor Hsu Chien consegue no seu primeiro longa superar todas as expectativas e fazer com que, mesmo se passando dentro de um motel, o filme seja lúdico e não erótico.


O filme mistura suas tramas sem apelar de fato para a sexualidade gratuita e apelativa. Fica claro a preocupação do diretor Hsu Chien, em trabalhar com as cenas de forma um pouco mais visuais e deixa na imaginação das pessoas algumas partes. Até mesmo personagens com maior sexualidade, como a juíza de Winits que vive o filme todo com uma roupa de couro ou a personagem de Letícia Lima que usa uma bela lingerie durante boa parte da produção. As cenas filmadas dentro do motel são escolhidas para dar um ar de aproximação do telespectador para fazer ele se sentir dentro filme.
Em âmbito geral Ninguém Entra Ninguém Sai é divertido, possui boas cenas de humor e um tempo de comédia bem razoável, além de contar com bons atores no elenco. Com participação de Paulinho Serra, Sergio Malandro e Sidney Magal, o elenco é a combinação perfeita para o roteiro que é leve e hilário.

Garanta o seu DVD agora em https://ewmix.com/filme/14284/ninguem-entra-ninguem-sai

Comente este artigo