Escape Room – fuja se for capaz…

Passando por momentos complicados em suas respectivas vidas, seis estranhos acabam sendo misteriosamente convidados para um experimento inusitado: trancados em uma imersiva sala enigmática cheia de armadilhas, eles ganharão um milhão de dólares caso consigam sair.

Mas quando percebem que os perigos são mais letais do que imaginavam, precisam agir rápido para desvendar as pistas que lhes são dadas.

Uma vez que o processo começa, os competidores atordoados percebem que é letalmente perigoso, impossível parar no meio do jogo, e cada sala tem detalhes e pistas adaptados a traumas no passado de todos. E assim a personalidade sádica e assustadora do mestre dos jogos surge nesta provação enigmática.

Com cenários muito bem feitos, as salas das quais eles devem escapar são surreais e muito criativas, com destaques para a sala invertida e a primeira apresentada.

01 Escape Room

O elenco também cumpre bem o seu papel. Nik Dodani (Atypical) é que tem a função mais “bacana”, sendo o responsável por explicar aos demais (e para o público) o que é um Escape Room e suas regras. Isso ajuda o público a entender a premissa na qual se baseia o filme.

De forma interessante o diretor Adam Robitel (Sobrenatural: A Última Chave, 2018) conduz a trama com suas brincadeiras com a câmera que parecem um tanto desnecessárias e exageradas, mas, à medida que o jogo começa, o público passa a estar imerso naquela história e os inusitados enquadramentos e filmagens fazem todo o sentido.

A sua direção condiz com a narrativa contada em tela, o que a torna mais agradável. Robitel conseguiu criar boas imagens que são capazes de prender a atenção do espectador durante o tempo do longa.

05 Escape Room.jpg

Destaque também ao excelente roteiro elaborado pela dupla Bragi F. Schut e Maria Melnik, que conseguiram em 99 minutos, criar uma narrativa coerente e intensa.

A realidade imersiva se justifica o tempo todo pelo roteiro, direção e filmagem, o que ajuda a concretizar a ficção. A atmosfera e a escolha das personagens foram bem construídas e, graças a isso, o filme se torna super interessante e faz com que prenda a atenção do espectador até os instantes finais.

Escape Room é uma obra que vai agradar o público que foi fiel as franquias de Cubo e Jogos Mortais, porém dessa vez, com uma pegada um pouco mais leve.

Já esta disponível na  ewmix

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s