Godzilla II – Rei Dos Monstros – a descoberta de novos titãns e a luta para saber quem será o novo Rei dos Monstros

Nesta continuação que se passa cinco anos após Godzilla (2014), os integrantes da agência Monarch precisam lidar com a súbita aparição de vários monstros, incluindo Mothra, Rodan e Ghidorah.

Enquanto buscam uma aliança com o próprio Godzilla a fim de garantir o equilíbrio da Terra, os humanos acabam fazendo parte de uma grande disputa por poder protagonizada por titãs.

As estrelas da trama são Godzilla e Mothra, que são mais ou menos os “mocinhos”, e Rodan e o rei Ghidorah, que representam a ameaça direta à sobrevivência da humanidade.

04 Godzilla II Rei Dos Monstros.jpg

O filme conta com os efeitos especiais que dão um show, e fazem com que os monstros pareçam muito convincentes. São realistas o suficiente para que as cenas de luta deem aquela adrenalina que os fãs dos filmes kaijū passaram a exigir, e melhor ainda, o próprio Godzilla tem um certo carisma que faz você querer ativamente que ele ganhe, e não simplesmente porque ele está tecnicamente do lado da humanidade.

É sem dúvida, um deleite para os fãs de Godzila vê-lo mais monstruoso do que nunca, bem como de sua rivalidade histórica com o Ghidorah e até mesmo com o Rodan sendo representada com uso da tecnologia de ponta.

02 Godzilla II Rei Dos Monstros.jpg

No longa Emma (Vera Farmiga) quer “salvar” o planeta de uma forma que muitas pessoas não irão concordar, e, junto com o seu ex-marido Mark (Kyle Chandler) e Maddie (Millie Bobby Brown), formam o trio principal do filme, numa mistura de bem X mal familiar e humanitário.

Além de abordar o drama de uma família separada pela tragédia que irá se recompor na adversidade extrema, o filme ainda sugere uma discussão sobre responsabilidade ecológica, usando o Godzilla e seus amigos como uma espécie de metáfora para a vingança da natureza em relação aos maus tratos a ela atribuídos durante os tempos.

Godzilla II: Rei dos Monstros é um filme digno da grandiosidade do seu protagonista. A perfeição dos monstros e do caos por eles instaurado é dos mais imersivos que já pudemos ver. Tecnicamente no filme os humanos são completamente descartáveis.

Se continuar neste ritmo, será difícil prever por quantos filmes o planeta Terra conseguirá resistir a este maravilhoso duelo de titãs.

Já disponível na  ewmix

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s